“Importância iconográfica”

Esperemos que seja a primeira de muitas outras exposições de cartazes por cá. Já aqui referi, por várias vezes, a dificuldade que é encontrar uma boa exposição em Portugal (lembro-me mesmo de passar por uma outra montada pelo Museum fur Gestaltung / Museu do Design de Zurique em Vigo, em 2007, a dos 100 Cartazes do Século XX, e da qual nem uma sombra passou a fronteira, já para não falar da chance “perdida” de se poder ver cartazes do Tadanori Yokoo no ciclo Mishima do CCB), pelo que esta Ombro a Ombro que o MFG traz a Lisboa ao MUDE é uma excelente notícia.
No texto de apresentação da exposição no site do MFG/MDZ, contudo, há lugar para um calafrio:

Four personalities from world politics – Lenin, Che Guevara, Yulia Tymoshenko, and Arnold Schwarzenegger – were selected to be presented in greater detail in this exhibition because of their iconographic significance.

Lenine e Che Guevara partilham a mesma “importância iconográfica” com a primeira-ministra da Ucrânia e o actual Governador da Califórnia?… (Querem ver que o Francis Fukuyama tinha mesmo razão?…) Nem Lenine teve a sorte de Guevara no que toca a cartazes, quanto mais esses dois outros “ícones” de significado bem pós-moderno. É aquela tendência para a “bolacha de água e sal” que às vezes me irrita nos Suíços…

Leave a comment

Filed under Cartazes

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s