The Hungry Eye

A Maria João Freitas começa a recuperar o “espólio” da revista Alice em textos da série The Hungry Eye do seu blogue.

2 Comments

Filed under Soltas

2 responses to “The Hungry Eye

  1. Obrigada pelo comentário, Pedro.

    Eu nem prestei atenção na capa brasileira do “A Forma do Livro”: o miolo já me chocou o suficiente. Depois, me dói tanto a importância que o “mercado” dá para a capas, que, por uma questão de princípios, as desprezo solenemente quando passo por uma livraria.

    Exagero, claro. Por sorte, sou designer de miolo E capa, não sendo obrigada, portanto, a ver o livro que preparei com tanto cuidado ser envolvido por um invólucro onde uma egípcia figura lépida e fagueira ao lado de um tipo renascentista… em itálico.

    O “mercado” tem esse tipo de esquizofrenia, a ponto do salário do designer de miolo ser disparadamente menor do que o capista. Espero que isso mude, porém. E logo.

    Abraços!

  2. Também nunca percebi essa “esquizofrenia”, que é uma herança de um processo “fabril” de produção do livro, em que as funções e etapas estavam muito divididas (a sobrecapa era para os “artistas”, o miolo e a encadernação para os “tipógrafos”) Nos EUA continua a ser norma, nas editoras “grandes”, a separação do design das capas e do miolo, o que sempre achei um absurdo: da capa à contra-capa, o livro deveria ser sempre um objecto esteticamente homogéneo, ou, não o sendo, deveria “não sê-lo” por causa de um desígnio e não em virtude da divisão forçada do trabalho editorial.
    Parabéns pelo seu blogue, que já incluí nos meus links.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s