Victor Palla: um catálogo

O leilão de que este catálogo serviu de guia (e serve agora de memória) aconteceu já há mais de 2 anos, mas o valor deste volume transcende essa referência: trata-se, para todos os efeitos, do único livro sobre o trabalho de Victor Palla disponível no mercado. Por “mercado” entenda-se que apenas se pode adquirir junto da galeria que procedeu a essa venda de algum do espólio de Palla, a P4Photography.

Fui há dias comprar um exemplar das mãos de Luís Trindade, um dos responsáveis da galeria, e em 15 minutos de conversa aprendi imenso sobre as condições de produção e venda da “jóia da coroa” deste leilão de 2008: os originais da primeira edição de Lisboa Cidade Triste e Alegre, de Palla e Costa Martins (1959). O catálogo, devidamente modesto, é extremamente compensador como fonte de pesquisa, sobretudo no que toca ao trabalho em design editorial de Palla: não se encontram aqui registados apenas elementos referentes à produção do célebre e esquivo livro de fotografia, mas incluem-se capas suas para a série das “Três Abelhas” e outras editoras, e (cereja no bolo) mesmo duas páginas sobre os misteriosos livros “fictícios”, a que Palla aludiu na sua intervenção no volume Falando do Ofício de 1989 (ler aqui).

Que neste momento seja apenas este livrinho de 62 páginas (num formato aproximado ao A5), que nem nas livrarias circula, a mostrar-nos algo do trabalho de Victor Palla revela mais a completa ignorância e cegueira do nosso novo-riquista mercado editorial do que propriamente um desenquadramento entre modas correntes e a oportunidade de reavivar o legado de um dos mais interessantes e polivalentes artistas gráficos do século XX português. Assim sendo, não resta senão encomendar à P4 um exemplar deste pequeno e oportuno volume e esperar por melhores dias.

4 Comments

Filed under Capas, Livros

4 responses to “Victor Palla: um catálogo

  1. Notícia fresca: no final de Abril saem os dois primeiros volumes de uma colecção dedicada aos designers portugueses, criada e produzida pela Silva!designers e editada pela Imprensa Nacional-Casa da Moeda. O conceito, low budget, é semelhante ao da colecção francesa Pyramyd. O primeiro sobre os R2 e o segundo sobre… Victor Palla. Daremos notícias mais detalhadas brevemente.
    Um abraço
    Jorge Silva

  2. Olá, Jorge! Nem me deu tempo para estender o tapete vermelho… ;)
    Sim, pela “Alice”, ou melhor, pela Maria João Freitas, já tinha ficado a saber dessa colecção a sair e fiquei, claro, em pulgas na expectativa. Conheço a Pyramid (que anda com uns preços algo elevados em certos livros ali pela Amazon, o do Massin, por exemplo, e não se encontra muito pela FNAC). Um bom modelo podia ser também a colecção A5 da Lars Muller, que publicou já uma monografia sobre o Hans Hillman (https://pedromarquesdg.wordpress.com/2010/06/10/pop-kunst-a-la-hillmann/) e outra sobre o Celetino Piatti, e parece que se vai dedicar os “clássicos” alemães dos anos 60 e 70.
    Os suíços e os alemães nisto são, como sabe, exemplares: outro bom modelo para esse tipo de livros foi a monografia que a Klett-Cotta publicou há alguns sobre as capas do Heinz Edelmann (https://pedromarquesdg.wordpress.com/2009/09/05/o-homem-que-torcia-pelos-blue-meanies/), num formato reduzido, quase quadrado, quase um flipbook.
    Enfim, só me resta agradecer-lhe a atenção, esperar sem roer as unhas e prometer a devida e justa divulgação.

  3. Pingback: A5: nota máxima « Montag : by their covers : resgate do fogo

  4. Pingback: Colecção D: Victor Palla e R2 « Montag : by their covers : resgate do fogo

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s