“Um objecto e seus discursos”: o(s) Sade(s) da Afrodite no Porto

Sábado, dia 27, imediatamente antes da inauguração da exposição “Editor de Vanguardas” dedicada a Fernando Ribeiro de Mello e à Afrodite na Biblioteca Municipal do Porto, estarei à conversa com Nuno Amorim sobre estas duas edições de Sade publicadas pela Afrodite, sobre o que correu mal na primeira (quase tudo, como contei em PORTUGAL EM SADE, SADE EM PORTUGAL) e o que fez da segunda um livro tão memorável (e o que faltou para ser ainda mais). Moderação de Guilherme Blanc.
Nuno Amorim é, com Eduardo Batarda, o sobrevivente da montanha-russa que foi a carreira da Afrodite na década de 1970, colaborando com o editor desde a célebre sessão da banheira em 1971 até ao fim da linha, o que incluiu algumas excelentes ilustrações pelo meio, como no Manual dos Inquisidores, no Super Macho de Jarry e em O Sexo na Moderna Ficção Científica. Será, se não estou em erro, a primeira vez que se falará em público sobre o “Dali de Lisboa” na sua cidade natal, o Porto. Sujeito a inscrição prévia
.

44037212_1836494423086722_7510715447747018752_n

Advertisements

1 Comment

Filed under Eventos

One response to ““Um objecto e seus discursos”: o(s) Sade(s) da Afrodite no Porto

  1. Feira Laica

    Reblogged this on Uma Bedeteca Anónima.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s